Em Fá Sustenido
 
20 de Junho de 2011

 

Fui perguntar às rochas
O que sentem
Quando o mar as abraça

 

Disseram-me
Que sentem arrepios molhados
Pois que o mar é irrequieto
E lhes dá beijos salgados
Que ora as veste de espuma branca
Ora as despe enamorado

 

Sentem-se amadas por ele
E outras vezes odiadas
Quando ele as prende e as força
Com os seus braços pesados
Sem ter remorso nem dor
Em abraços agitados
A ceder ao seu amor

 

musicado por fá# às 11:00 link da pauta
Escalas: ,
Senti o mar.
Ele é travesso :)
fá# a 21 de Junho de 2011 às 09:01
Ensina-me a "vesejar":)! não ensinas e eu não te largo!
Abraço
Ora, isso vem com as ondas :)
fá# a 22 de Junho de 2011 às 10:38
AQUI o mar tem palavras e cores muito bonitas, também.
João Afonso Machado a 23 de Junho de 2011 às 13:41
O mar é sempre inspirador :)
fá# a 23 de Junho de 2011 às 14:35
ai menina musical que mar divinal!!!
acho que o conheço!
será que uma gotinha do seu sal mereço? :)

lindo! obrigada pelo momento
gostei aqui do teu novo (para mim que ando na vadiagem)cantinho
feito com tanto miminho!!!

beijinho Fa
Sempre a rimar/remar!!!
O mar tem sal para todos :)

Beijinho, amiga!
O amor é mesmo assim : como o mar
O mar é mesmo assim : como o amor ;)
Ora mansinho, quente e ternurento, ora impetuoso, possessivo, impulsivo e intransigente. Mas sempre Grande, grande - como o amor,como o mar.

Bjs, gostei muiiiito!
E sejam sempre grandes os nossos braços :)
fá# a 26 de Junho de 2011 às 17:52
Que linda conversa em estilo de poesia! és uma artista de palavras!
Bjs
lilá(s) a 28 de Junho de 2011 às 23:16
O mar faz destas coisas... :)

Bjs
fá# a 29 de Junho de 2011 às 12:26
Com mais som
23 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
13 comentários
12 comentários
11 comentários
10 comentários
9 comentários
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape