Em Fá Sustenido
 
13 de Março de 2012

 

Há uma Primavera (in)discreta que me espreita à janela

Um cálido perfume a nascer dos raios de sol

Uma luz serena de realidade donzela

Uma sinfonia de cores breves no ar

Um convite à utopia no jardim

Um reflexo de vida nova a levitar

E um sopro de brisa mansa nascente em mim

 

Eu gosto e preciso disso

Simplesmente porque sim

 

musicado por fá# às 18:56 link da pauta
Escalas:
Mas que lindíssima melodia
que nem consigo comentar!!!
São acordes de palavras em sintonia
Com a tua Primavera a chegar!

Gostei muito, menina musical
sabes o quanto gosto da beleza
da mãe Natureza a levitar :)))

fica um beijinho de amizade de mim
simplesmente porque sim!!!:)
São sorrisos da Primavera!
:)
Beijinhos
fá# a 20 de Março de 2012 às 12:48
Como eu adorei a tua Primavera in(discreta)!!!
Beijinhos
lilá(s)) a 18 de Março de 2012 às 22:30
As primeiras notas!
:)
Beijinhos
fá# a 20 de Março de 2012 às 12:49
Também gosto e preciso...
Também gostei muito do teu poema.
Beijos, querida amiga.
Neve a abrir em flor!
:)

Beijinhos
fá# a 20 de Março de 2012 às 12:51
Sim, como tudo!

Fa, gostei do poema "porque sim".
Rita a 22 de Março de 2012 às 21:48
:) e eu fico feliz assim!

Bjos
fá# a 24 de Março de 2012 às 17:48
Com mais som
23 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
13 comentários
12 comentários
11 comentários
10 comentários
8 comentários
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape