Em Fá Sustenido
 
20 de Agosto de 2012

 

Escorrem poemas

Momentos de água

Deslizando em fendas

Talhadas a par e passo

 

Podem acordar os pássaros

Aprisionados no espelho

Soltarem-se do rio

Os doirados das nuvens

Do fundo das muralhas

Labaredas azuis

 

Que nas horas escuras ou leves

Imensas ou breves

Entre charcos e bordados

Palavras e pedras

Versos e pétalas

Há um espelho que nos reflecte

 

musicado por Fá# às 20:12 link da pauta
Escalas: ,

A vida é; luz e sombra
há sempre um lado guardado
que no outro que se revela
esse lado que é espelhado
é a chama gerada na vela.

Um beijinho, Fá.
Maria João... muito bonito!
Há sempre uma luz espelhada do outro lado que, mesmo difusa, nos atinge.

Beijinho! :)
Fá# a 23 de Agosto de 2012 às 15:46
Com mais som
23 comentários
18 comentários
17 comentários
15 comentários
15 comentários
14 comentários
13 comentários
12 comentários
11 comentários
10 comentários
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape